Nesta palestra, Raphael Albergarias, presidente da IPMA Brasil, desvenda como as formações cognitivas podem mexer na requalificação do profissional neste novo tempo. Afinal, complexidade e transformação digital não são novidades. Desde a década de 70, somos desafiados por esses e tantos outros fenômenos na Gestão. O ponto de virada no pós-pandemia é que não temos mais a opção de querer ou não mudar. A tal da agilidade não tem relação com velocidade de como fazermos as nossas entregas: tem sim com a capacidade adaptativa constante. Entender o porquê, e ser orientado ao cliente final: esse é o jogo. Confira!