Para discutir os principais desafios e as estratégias da gestão de pessoas, o Conselho Regional de Administração do Rio de Janeiro promoveu no dia 27 de novembro, em parceria com a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, o IV Encontro de Administradores de RH, no auditório da ECT. A Comissão Especial de Recursos Humanos do CRA-RJ organizou o evento, que abordou discussões de tema central “Ponto Gente nas Organizações” e recebeu estudantes, Tecnólogos e Administradores.

O Encad deste ano contou com três palestras: “O Despertar dos Líderes Integrais — Um Caminho na Nova Liderança do Século XXI”, ministrada por Wanderlei Passarella; “As pessoas em Primeiro Lugar: Emprego e Trabalho Decente”, apresentada pela Adm. Eliane Toniasso”; e “O Desenvolvimento do Potencial Humano”, conduzida pelo Adm. Jarbas de Almeida Mattos.

O professor Clóvis Pereira, assessor de relações acadêmicas do CRA-RJ, esteve presente representando o Conselho, na cerimônia de abertura.

“Este evento está acontecendo graças à Comissão Especial de RH do CRA-RJ, que se destaca por seu trabalho incessante. É muito importante um encontro como este para valorizar essa atividade e contribuir para o aprimoramento das competências profissionais”, disse.

O Adm. Luis Henriques da Silva, coordenador da Comissão Especial de RH, também falou das atividades que desenvolvem e da importância do Encad.

“Com a Comissão, trabalhamos a ampliação da percepção da sociedade e do Administrador dentro do contexto social. Esse encontro tem por intuito mostrar que qualquer organização só funciona porque é composta por pessoas e são os tecnólogos atuantes em RH os responsáveis pela valorização do próximo”, explicou.

Ressaltando as atividades do CRA-RJ em prol da evolução da categoria Administrativa, o Adm. Jarbas Mattos, assessor do diretor-geral dos Correios, falou sobre a parceria que desenvolveram.

“Queremos reafirmar a parceria com o CRA-RJ que já existe há algum tempo. Muitas organizações querem promover encontros nesse auditório, mas somos bastante seletivos. Não é a primeira vez que os Correios cedem o espaço para o Conselho do Rio e com certeza não será a última”, discursou.