Início/Adicionar código antes da tag </head>. Pierre Lévy

AdministrAção em Debate – Parceria CRA-RJ e CRA-TO – 27/07/2015

2018-04-12T11:37:28-03:0027 de julho de 2015|Categories: AdministrAção em Debate, Mais Playlists, Parceria CRA-TO e CRA-RJ|Tags: , , , , |

Nesta edição do programa AdministrAção em Debate você confere uma entrevista exclusiva com o cientista Silvio Meira , assiste a palestra ministrada pelo filósofo Pierre Lévy e ainda ao discurso do presidente do CRA-RJ, Adm. Wagner Siqueira, no encerramento do XIV FIA.

AdministrAção em Debate – TV Band – 25/07/2015

2018-04-04T10:56:37-03:0025 de julho de 2015|Categories: AdministrAção em Debate, Mais Playlists, TV Band|Tags: , , , , |

Nesta edição do programa AdministrAção em Debate você confere uma entrevista exclusiva com o cientista Silvio Meira , assiste a palestra ministrada pelo filósofo Pierre Lévy e ainda ao discurso do presidente do CRA-RJ, Adm. Wagner Siqueira, no encerramento do XIV FIA.

XIV FIA – E os próximos 50 anos? – Pierre Lévy – (Áudio Original)

2018-03-26T17:24:00-03:0020 de maio de 2015|Categories: Mais Playlists, XIV FIA|Tags: , , |

A palestra de encerramento do XIV FIA 2015 ficou sob a responsabilidade do filósofo francês Pierre Lévy, um dos maiores pensadores da atualidade, que falou sobre os próximos 50 anos e o que esperar deles. O presidente do CFA, Administrador Sebastião de Mello, foi o presidente de mesa da palestra.

XIV FIA – E os próximos 50 anos? – Pierre Lévy

2018-03-26T17:23:57-03:0020 de maio de 2015|Categories: Mais Playlists, XIV FIA|Tags: , |

A palestra de encerramento do XIV FIA 2015 ficou sob a responsabilidade do filósofo francês Pierre Lévy, um dos maiores pensadores da atualidade, que falou sobre os próximos 50 anos e o que esperar deles. O presidente do CFA, Administrador Sebastião de Mello, foi o presidente de mesa da palestra.

XIV FIA – E os próximos 50 anos? – Pierre Lévy

2018-03-26T16:15:00-03:007 de abril de 2015|Categories: Mais Playlists, XIV FIA|Tags: , , , |

Ninguém deterá a propriedade do conhecimento e da determinação do caminho único. Não se espera um futuro idílico, mas também não trágico. Meio-ambiente, demografia e tecnologias (inclusive as sociais) apresentam grandes desafios que afetarão todas as formas de vida privada e coletiva.